Prontuário Eletrônico

  1. Permitir o registro da triagem ou preparo de cada paciente (peso, altura, pressão arterial, pulsação arterial, frequência
  2. respiratória, cintura, quadril, perímetro cefálico, glicemia capilar, saturação) durante a pré-consulta. Permitir registrar os procedimentos realizados pela triagem. Permitir informar saída do atendimento com informação de encaminhamentos quando os usuários que não necessitarem atendimento médico.
  3. Calcular automaticamente o IMC – Índice de Massa Corpórea, ICQ – Índice de Cintura Quadril, estado nutricional para criança, adolescente, adulto e idoso conforme a idade do paciente. (Ciclo de vida)
  4. Permitir a configuração da obrigatoriedade do preenchimento de peso, altura e pressão arterial conforme ciclo de vida dos pacientes (criança, adolescente, adulto e idoso) conforme definido em cada local de atendimento.
  5. Permitir avaliação de dor, classificação de risco (Protocolo de Manchester) e Escala de Glasgow para priorização dos atendimentos em unidades de Pronto Atendimento.
  6. Permitir informar o material e CID consistente para cada exame.
  7. Registrar a receita de medicamentos, atestado médico, declaração de comparecimento, orientações, requisição de exames e guia de referência.
  8. Permitir o registro dos atendimentos de enfermagem informando orientações a pacientes pela metodologia CIPESC – Classificação Internacional das Práticas de Enfermagem em Saúda Coletiva.
  9. Permitir o registro de informações clínicas (alergias, doenças) dos pacientes. No momento do atendimento da consulta médica
  10. Disponibilizar visualização de histórico dos agendamentos do paciente por tipo de agendamento (consultas médicas, consultas odontológicas, exames e transportes).
  11. Permitir a utilização de foto no cadastro de pacientes.
  12. Permitir ao médico o acesso completo aos atendimentos anteriores do paciente por ordem cronológica.
  13. Permitir a visualização dos documentos digitalizados para cada paciente atendido.
  14. O sistema deverá permitir o registro de anamnese e exame físico durante cada atendimento, sendo os mesmos parametrizados de acordo com os tipos de informação definidas pela secretaria de saúde.
  15. O sistema deverá permitir a solicitação de medicamentos durante o atendimento de acordo com os produtos padronizados pela farmácia. O receituário deverá ser integrado com o estoque
  16. O Prontuário eletrônico do paciente deverá conter os resultados e laudos dos exames solicitados;
  17. Controlar a solicitação de medicamentos de acordo com o rol de produtos em estoque na unidade, e permitir adicionalmente prescrição de medicamentos fora da padronização da Secretaria de Saúde;
  18. Importar automaticamente os resultados de exames no prontuário eletrônico
  19. Permitir a emissão E registro de atestados, encaminhamentos, orientações;
  20. No ambulatório deverá demonstrar de forma automática para o médico a disponibilidade de estoque de um determinado medicamento no momento da solicitação;
  21. Permitir a consulta de histórico de todos os atendimentos odontológicos por paciente mostrando o Odontograma completo, os profissionais que realizaram os atendimentos, os procedimentos realizados.
  22. As informações do prontuário devem ser acessadas apenas por médicos (apenas dos pacientes que estiverem em atendimento), peritos e médicos reguladores (apenas dos pacientes no processo de regulação).
  23. Permitir ao profissional de saude o preenchimento de fichas compatíveis com as do e-sus

Regulação de APAC

Implantação de novos modelos de Laudo para Solicitação/Autorização de Procedimentos Ambulatoriais nos quais as Autorizações de Procedimentos de Alta Complexidade/Custo passaram a serem denominadas de Autorização de Procedimentos Ambulatoriais- preservando a sigla APAC. (PT/SAS/MS nº768 de 26 de outubro de 2006).

O perfil “Solicitante APAC” é destinado ao Estabelecimento que solicita o laudo de APAC. Ele permite o acompanhamento da Solicitação através de sua situação, pesquisar solicitações em seus diversos estágios, emitir o laudo de APAC, bem como a inserção do laudo no sistema.

Regulação Ambulatorial

O controle da Média complexidade, exames e imagem é um desafio para as secretarias de Saúde. Como oferecer o melhor serviço possível com a demanda crescente e uma pressão econômica cada vez maior?

O módulo de Regulação de média complexidade e exames SaudeNet permite que a secretaria controle sua oferta de unidade próprias e unidades terceirizadas de maneira centralizada. Oferecendo controle e segurança para sua oferta. 

CONTROLE:

A secretaria pode controlar a oferta de cada unidade de acordo com os valores existentes na sua Ficha de Programação Orçamentária-FPO garantindo assim a tranquilidade no processo de faturamento. Para os municípios que são referências regionais é possível também controlar a utilização de sua oferta por outros municípios através da sua Programação Pactuada e Integrada- PPI

As agendas de cada médico podem ser visualizadas e controladas pela gestão, quantidade de atendimentos, dia e horário de início do atendimento, mesmo para médicos de clínicas terceirizadas.

 ATENDIMENTO À POPULAÇÃO:

Ao utilizar nosso serviço centralizado de oferta de procedimentos, a secretaria disponibiliza o acesso igualitário aos usuários do SUS. As demandas de de todas as unidades básicas são processadas em tempo real apresentando na hora a disponibilidade de vagas com  data e hora  para atendimento.

Além das consultas em especialidades é possível ofertar exames laboratoriais, raio-x, ultrassom, ressonância. Tudo organizado por grupos e de maneira facilitada para o os operadores do sistema.

 FILA DE ESPERA INTELIGENTE E SMS:

Quando um usuário precisar de um procedimento que não possui oferta disponível na hora esse pode ser colocado na fila de espera do seu município. Diariamente os servidores da Acone procuram alocar as vagas que surgem a cada dia de maneira justa e seguindo protocolos de priorização definidos pela sua secretaria. Quando uma vaga é encontrada o usuário pode ser avisado via SMS para confirmar o interesse naquela marcação.

 REGULAÇÃO DE ESPECIALIDADES:

Precisa controlar a oferta de uma consulta ou procedimento ambulatorial crítico? O SaudeNet permite que o gestor habilite um processo de regulação mesmo para procedimentos marcados como ambulatoriais de acordo com a tabela SIGTAP. Solicite informações complementares na hora da solicitação e aprove, negue e priorize as solicitações.

 PROGRAMAS DE SAÚDE:

Priorize o atendimento de grupos específicos da população a partir de dados objetivos. Idade, sexo, agravos, histórico prévio, a secretaria define como e quanto da sua oferta ser destinada para atender casos prioritários

 O SaudeNet oferece ainda controle de recorrência de usuários, marcação facilitada de procedimentos, anexo de arquivos e  questionários de dados 100% customizáveis. Entre em contato conosco para saber mais sobre nossas funcionalidades de controle avançado da oferta

Atenção Básica

A atenção básica é a porta de entrada do SUS para os brasileiros. Além do notório ganho para a população, em aumento da sua qualidade de vida, para cada real investido em prevenção estima-se uma economia de 3 a 5 reais nos gastos com média e alta complexidade.

 O módulo de atenção básica Saúde Net atende a todas as necessidades de controle e acompanhamento das unidades básicas de saúde.  A secretaria pode ainda optar para que apenas a partir do atendimento pelo médico da atenção básica seja possível encaminhar o paciente para exames e consultas em especialidade, evitando assim o uso indevido dos recursos públicos.

APLICATIVO MÓVEL

Como evitar os custos e retrabalho do preenchimento de fichas em papel, que precisam ser digitalizadas no posto? Oferecemos um aplicativo móvel para que os ACS possam registrar todas as informações das suas visitas, completamente compatível com as fichas do E-sus. Através da integração com a sua unidade de referência permite que  consultas e procedimentos de enfermagem sejam agendados pelo ACS on-line direto da residência que está visitando.

RECEPÇÃO NA UBS

Na recepção das unidades temos o atendimento à demanda espontânea. Com controle digital das agendas de cada médico e enfermeiro  a secretaria pode saber como anda a produtividade de cada profissional e detectar quais áreas precisam de reforços. Disponibilizamos ainda o controle das pessoas à serem atendidas através de um painel digital , o cadastro biométrico do paciente e conexão do com o serviço CADweb do ministério da saúde para garantir unicidade do usuários e seus muitos números de Cartões Nacionais de Saúde

ATENDIMENTO MÉDICO

Para auxiliar o trabalho de médicos e enfermeiros contamos ainda com um Prontuário Eletrônico do Paciente. É possível o registro das anamneses, fichas e-sus, odontograma, emissão de receitas além da consulta de todo o histórico do paciente registrado em qualquer unidade de saúde que também utilize o SaudeNet.

Almoxarifado

  1. Permitir cadastro e manutenção de setores de cada unidade;
  2. Permitir o controle de estoque em diversos locais de estoque simultaneamente nas unidades de saúde (farmácias, almoxarifados);
  3. Permitir o cadastro de produtos, materiais médico-hospitalar, materiais de limpeza, materiais de expediente, insumos e outros;
  4. Permitir cadastro e manutenção de lote do produto incluindo data de vencimento e quantidade.;
  5. Permitir cadastro e manutenção de fornecedores;
  6. Importar XML de NFe, dando entrada no estoque e criando cadastro de fornecedores, produtos e lotes automaticamente;
  7. Detectar automaticamente medicamentos de acordo com a tabela ABC Farma;
  8. Permitir a entrada de produtos por compras, doações ou transferências, informando o fornecedor, fabricante e o setor no estoque;
  9. Permitir a classificação dos medicamentos por grupos subgrupos;